Sábado (21) foi dia de festa para o futsal do Território do Baixo Sul. Com um grande público no Ginásio de Esportes municipal e contou com as presenças  de diversas autoridades locais. Reuniu as duas melhores equipes da competição para decidir o título de campeão 2019. Na quadra Meninos da Vila e Itiúca.

Uma partida bem disputada. As duas equipes deram o melhor de sí neste grande duelo esportivo. Peleja digna de um grande final. A equipe Meninos da Vila sagrou-se campeão ao vencer o bom time de Itiúca por 2 tentos a 0.

Ressaltamos o bom nível de arbitragem da cidade de Gandu que foi representada Mateus, Fábio Carvalho e os mesários Arthur Costa e Neilton da Pureza.

Fonte: Coordenação do evento.


O Liverpool tinha o favoritismo diante do Flamengo. O time brasileiro chegou a ter mais posse de bola e, em alguns momentos, foi até melhor em campo.

Apesar disso, o time inglês acabou vencendo o Rubro-Negro carioca por 1 a 0 e conquistou o Mundial de Clubes, na tarde deste sábado, em Doha, no Catar.

O gol foi marcado pelo atacante brasileiro, Firmino, no primeiro tempo da prorrogação, após boa jogada de Mané.

Com o resultado, o Liverpool conquistou seu primeiro título mundial, aumentando para três a lista de títulos de ingleses na competição.

FONTE:emcimadolance


O Brasil tem um novo campeão mundial de surfe: Italo Ferreira. O surfista de Baía Formosa (RN) venceu a final do Pipe Masters, no Havaí, a última etapa do ano, contra Gabriel Medina e conquistou o título do Circuito Mundial de Surfe (CT) de 2019. Foi a primeira vez na história que dois brasileiros disputaram a final em Pipeline valendo o título mundial.

Só os dois continuavam na disputa pelo título durante o último dia do Pipe Masters. Antes da final, a vantagem era de Italo. Líder do ranking, ele seria campeão mundial se fosse eliminado na mesma fase que Medina. Já o bicampeão garantia o tri se acabasse o Pipe Masters uma fase à frente de seu compatriota. Como os dois chegaram à decisão, o vencedor da etapa levava o título mundial.

Italo agora se torna o terceiro brasileiro campeão mundial de surfe. Antes dele, o próprio Gabriel Medina (2014 e 2018) e Adriano de Souza, o Mineirinho, (2015) já haviam alcançado o feito.


Para mais de 45 mil torcedores, o Liverpool sofreu, mas venceu o Monterrey, do México, por 2 a 1, pela semifinal do Mundial de Clubes, em Doha, no Catar. Com o resultado, os ingleses enfrentarão o Flamengo na grande decisão da competição no próximo sábado, às 14h30, reeditando a final história de 81.

Se enganou quem achou que os Reds iam passar com facilidade pelos mexicanos. O time de Jurgen Klopp sofreu e marcou o gol da vitória apenas aos 46 do segundo tempo, com o brasileiro Roberto Firmino.

FICHA TÉCNICA
LIVERPOOL-ENG 2X1 MONTERREY-MÉX


Local: Khalifa International Stadium, em Doha (Catar)
Data: 18 de dezembro de 2019, quarta-feira
Hora: 14h30
Árbitro: Robeerto Tobar (Chile)
Assistentes: Christian Schiemann-CHI e Claudio Rios Ortiz-CHI
VAR: Esteban Ostojich-URU
Cartão amarelo: Vangioni e Gallardo (Monterrey); Joe Gomez (Liverpool)
Gol: Keita, aos 12 do primeiro tempo, e Roberto Firmino, aos 46 do segundo tempo (Liverpool); Funes Mori, aos 14 do primeiro tempo (Monterrey)

LIVERPOOL: Alisson; Milner (Alexander-Arnold), Joe Gomez, Henderson e Robertson; Keita, Oxlade-Chamberlain, Lallana e Shaqiri (Mané); Salah e Origi.
Técnico: Jurgen Klopp

MONTERREY: Barovero; Medina, Nico Sánchez, Montes (Layún) e Vangioni; Ortiz, Carlos Rodríguez, Pizarro e Gallardo; Funes Mori e Pabón (Meza).
Técnico: Antonio Mohamed

 

FONTE: gazetaesportiva


FLUMINENSE 4 X 1 REAL CAJAÍBA. FLUMINENSE CAMPEÃO COM TODOS OS MÉRITOS!

Dezenas de pessoas assistiram neste domingo (15) à partida final da Copa de  Futebol da Boca da Mata entre Fluminense e  Real Cajaíba no Campo da Praínha,  comunidade de Cajaíba, no distrito de Maricoabo, município de Valença.

Os desportistas vibraram desde cedo com uma preliminar: Prainha venceu por 3 a 2 a equipe das Queimadas. Logo em seguida a grande final. Um começo sensacional com o Fluminense abrindo uma vantagem de dois gols nos minutos iniciais da partida. No segundo tempo a equipe do Real diminuiu a vantagem marcando seu gol. Na segunda parte do espetáculo  o Fluminense fez o terceiro  e quarto tentos. Final: Fluminense 4 x 1 Real Cajaíba.

Com este resultado o Fluminense sagrou-se campeão e foi premiado com um belíssimo troféu e uma bonificação de R$ 1. 500,00 (hum mil e quinhentos reais), o vice campeonato ficou com o Real Cajaíba que também levou um troféu para sua galeria e uma bonificação de R$ 500,00 (quinhentos  reais).

Além da premiação coletiva a coordenação da competição escolheu os destaques individuais. Mão foi o goleiro menos vazado e kikiki foi  o artilheiro com sete gols.

Fonte: Jair Veiga, coordenador da competição.


O Flamengo estreou no Mundial de Clubes com uma vitória por 3 a 1 sobre o Al-Hilal da Arábia Saudita, nesta terça-feira. O Rubro-Negro carioca está classificado para a final do próximo sábado diante do vencedor do duelo entre Liverpool, da Inglaterra, e o Monterrey, do México, que se enfrentam nesta quarta-feira

Salem Al-Dawsari abriu o placar aos 17 do primeiro tempo. O Flamengo só conseguiu reagir na segunda etapa. Arrascaeta empatou aos 3, Bruno Henrique virou aos 32 e Al-Bulayhi marcou contra aos 36.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-BRA 3 X 1 AL-HILAL-ARA
Local: Estádio Khalifa International, em Doha (Catar)
Data: 17 de dezembro de 2019 (Terça-feira)
Horário: 14h30(de Brasília)
Árbitro: Ismail Elfath (EUA)
Público: 21.588
Cartões amarelos: Bruno Henrique; Pablo Marí, Diego (Fla); Giovinco, Al Dawsari (Al-Hilal)
Cartão vermelho: Carrillo (Al-Hilal)
Gols:
AL-HILAL: Al Dawsari, aos 17min do 1º tempo
FLAMENGO: Arrascaeta, aos 3, Bruno Henrique, aos 32, AlBulayhi (contra), aos 36min do 2º tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e De Arrascaeta (Piris da Motta); Bruno Henrique (Vitinho) e Gabigol
Técnico: Jorge Jesus

AL-HILAL: Abdullah Almuaiouf, Mohammed Alburayk, Ali Albulayhi, Jang Hyunsoo e Yasser Alshahrani; Gustavo Cuéllar, Carlos Eduardo, Sebastian Giovinco (Khrbin) e Salem Al-Dawsari; André Carrillo e Bafétimbi Gomis (Otayf)
Técnico: Razvan Lucescu

 

FONTE: gazetaesportiva