APAIXONADO PELO FLAMENGO, MORRE CANTOR MORAES MOREIRA.

O Brasil perdeu um de seus mestres da música. O cantor e compositor Moraes Moreira foi encontrado morto nesta segunda-feira, em sua casa, no Rio de Janeiro. Aos 72 anos, ele morava na Gávea, Rio de Janeiro, e o corpo foi achado por uma assistente domiciliar. A assessoria de imprensa do artista informou que ele morreu por volta das 6h depois de sofrer um infarto agudo do miocárdio. Apaixonado pelo Flamengo, o rubro-negro ilustre escreveu músicas que participaram das vitórias do clube carioca.

Antônio Carlos Moreira Pires adotou o nome de Moraes Moreira, iniciou sua trajetória nos Novos Baianos, ao lado de Pepeu Gomes, Baby Consuelo, Paulinho Boca de Cantor e Luiz Galvão. Autor de canções como “Preta Pretinha”, “Besta É Tu” e “Acabou Chorare” (que deu nome a um LP do grupo) e de “Sorrir e Cantar Como a Bahia”, posteriormente engrenou sua carreira solo com sucesso.

Entre as canções mais emblemáticas de sua autoria estão “Davilicença”, “Eu Também Quero Beijar”, “Bloco do Prazer”, “Sintonia”, “Santa Fé”, “É Ferro Na Boneca”, “Dé Um Rolê”, “Pombo-Correio” e “Festa do Interior”. O adeus de Moraes Moreira deixou muitos torcedores e amantes da música bastante emotivos. Entre agradecimentos e mensagens de carinho aos familiares do cantor, o nome dele foi lembrado no Twitter.

O Flamengo deixou sua solidariedade, em mensagem na qual postou a capa do LP “Pintando o Oito”, na qual o cantor vestiu o Manto Sagrado.


Comente