Osmar Loss, ex-técnico do Vitória, voltou ao Corinthians para coordenar as categorias de base do clube e trabalhar em conjunto com Tiago Nunes. Aliás, o desejo do técnico da equipe principal em reestruturar o Sub-23 fez com que a direção do clube aumentasse a participação de Loss no departamento, como o próprio não esconde em suas entrevistas

Em função do isolamento social, em virtude da pandemia do coranavírus e também da necessidade das férias antecipadas, acabaram atrasando um pouco o início do trabalho, na prática. O plano, entretanto, já está definido. Osmar Loss, já definiu que o time Sub-23 vai passar por uma série de alterações.

A redução do grupo deve abranger, aos poucos, todas as categorias de base do clube. No caso específico da equipe que antecede o profissional, a necessidade se dá pelo tipo de treinamento específico que será introduzido a partir de quando as atividades forem reiniciadas no clube.


Causadora de muitas polêmicas na história do futebol, a mão na bola é uma dor de cabeça para os árbitros em muitas ocasiões. Na última terça-feira (7), houve mudanças nas regras do futebol para a próxima temporada e a mão na bola sofreu uma alteração importante. Começando a valer em junho deste ano – assim como todas as novas regras – o toque no começo do braço não será mais considerado falta: “Com a finalidade de determinar com clareza a infração de mão, se estabelece o limite do braço no ponto inferior da axila”, diz um trecho do comunicado da International Board (IFAB).

Outra mudança que também tem a ver com a mão, foi o toque involuntário da bola no braço dos atacantes. Até o momento, qualquer toque é infração, mas a partir de junho, o lance só será invalidado se a continuação da jogada resultar em gol, ou “lance claro e manifesto de gol” a favor do infrator.

A regra do goleiro se adiantar nas penalidades máximas também foi alterada. O árbitro só terá que voltar a cobrança de pênalti, se o arqueiro se adiantar, caso ele defenda a bola. Se a bola pegar no travessão ou for pra fora, a cobrança não será repetida.

Outra alteração foi em relação aos cartões amarelos, que não contarão mais em caso de disputa direta de pênaltis. Caso um jogador seja advertido durante os 90 minutos, e na disputa de pênaltis leve mais um cartão amarelo, o árbitro terá que colocar na súmula dois cartões amarelos e não expulsão.


Segundo Ross Brawn, diretor técnico da Fórmula 1, a temporada 2020 deve começar em julho, na Europa, e possivelmente em corridas com portões fechados. Com o início do Campeonato Mundial no meio do ano, o britânico acredita ser possível um calendário com até 19 etapas.

As afirmações são feitas um dia após ao adiamento do GP do Canadá, a nona etapa da temporada 2020 a ser impacta em meio à pandemia de coronavírus.

O calendário da Fórmula 1 em 2020 sofreu impactos severos devido à pandemia de Covid-19. Além do impacto sofrido pelo GP do Canadá, as corridas da Austrália e Mônaco foram cancelados, enquanto as provas de Barein, Vietnã, China, Holanda, Espanha e Azerbaijão estão adiadas.


O Flamengo se prepara para retornar dia 21. Os jogadores seguem em férias coletiva desde o dia 1 de abril, conforme acordo entre os clubes da Série A. O clube se antecipou e tem trabalhado com a possibilidade do reinício das atividades na data programada inicialmente.

Segundo o presidente Rodolfo Landim, os médicos do Flamengo vêm fazendo um intercâmbio com colegas europeus. O grupo analisa diferentes protocolos para serem seguidos pelos atletas, tanto no período de quarentena quanto na pré-temporada que virá em seguida.

O planejamento rubro-negro prevê 15 dias de treinos antes da equipe voltar aos gramados.

Landim e outros presidentes de clubes participaram nesta quarta-feira de uma videoconferência com o presidente da CBF, Rogério Caboclo.


Serão instalados na Arena leitos clínicos, que irão ampliar a capacidade de atendimento da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) neste cenário de pandemia. Com isso, a Arena Fonte Nova busca, mais uma vez, servir o povo baiano. Desta vez, a Arena irá servir como apoio à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), cedendo suas instalações e dando suporte ao funcionamento de um hospital de campanha contra o novo coronavírus.

Antes de ser usada como Hospital de Campanha, a Arena já havia aberto seus portões para ser usada como um dos postos da Prefeitura de Salvador para vacinação contra a  Influenza (H1N1). A Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS) usou a localização central da Arena Fonte Nova para instalar um dos postos drives-thrus.

Entre os 64 eventos não esportivos realizados no ano passado, está a terceira edição do Fonte de Natal, evento beneficente que distribuiu brinquedos e kits lanches para cerca de 4 mil crianças de comunidades carentes de Salvador. Em 2019, também foi sede da primeira celebração na Bahia pela canonização de Santa Dulce dos Pobres, onde mais de 52 mil pessoas estavam reunidas num espetáculo de devoção e fé.


Morreu nesta quarta-feira, Donato Sabia, 56 anos, duas vezes finalista olímpico na prova dos 800 metros. Segundo o Comitê Olímpico Italiano (CONI) Donato esteve internado na unidade de terapia intensiva no hospital San Carlo, em Potenza, na região italiana do sul de Basilicata.

Campeão europeu indoor em 1984, Sabia terminou em quinto na final dos 800 metros em Los Angeles no mesmo ano, prova vencida pelo brasileiro Joaquim Cruz, e foi sétimo em Seul, quatro anos depois.

“É uma tragédia dentro de uma tragédia”, disse Alfio Giomi, presidente da FIDAL, em um comunicado. “Donato era uma pessoa que você não poderia não amar.”

Segundo o CONI, Sabia é o primeiro finalista olímpico no mundo vítima do coronavírus.


Chelsea e Barcelona já estão em negociações abertas para a transação de Philippe Coutinho e um possível retorno ao futebol inglês. Embora as primeiras conversas sejam sobre um empréstimo para a próxima temporada, não há certezas sobre o que poderia suceder após junho de 2021. Os culés estão firmes em colocar uma cláusula de compra obrigatória, segundo o “Sport”.

Os agentes do brasileiro, com fortes laços na Inglaterra, procuram um clube no país desde o último verão europeu, mas na ausência de interessados, o meio-campista teve que ser emprestado ao Bayern de Munique, onde teve uma passagem irregular e os bávaros não irão contar com o camisa 10. Assim, representantes se apressaram para encontrar um novo futuro que agradasse o atleta.

O time de Frank Lampard está pensando em como realizar a operação, pois gostariam de ver o rendimento do brasileiro no clube para depois tomar uma decisão definitiva sobre seu futuro. Nesta temporada, os ingleses já teriam que arcar com 30 milhões de euros (R$ 170 milhões) e Coutinho seria um dos jogadores mais bem pagos do elenco