O Bahia vem de uma bela vitória em Pituaçu. Venceu e convenceu. Fato que ainda não tinha acontecido. Torcedores comemoraram e com razão: 10 anos sem título e sete anos fora da série A, é um jejum considerável. Comemorar é preciso. Uma vibração com foguetes em uma mão e a maquininha de calcular na outra.

O matemático Tristão Garcia divulgou, nesta segunda-feira(19), de acordo com o profissional, o Bahia, atualmente na 16ª colocação com 27 pontos ganhos, possui 36% de chances de ser rebaixado para a série B. Primeiro clube na zona de rebaixamento, o Atlético (MG), com 24, tem 57% de probabilidade de cair de divisão. Conforme as contas dos matemáticos quarenta e sete (47) pontos garante na Série A. Vai ter que suar muito.

 

E papai Joel, já encontrou um modelo de jogo para o Tricolor? “Deixa-me explicar: modelo de jogo conforme Rodrigo Leitão, treinador da base do Corinthians e Doutor em Ciências do Esporte,” modelo de jogo é a maneira de jogar do time. Como os jogadores devem se comportar quando atacam, defendem e como faz a transição defesa-ataque, ataque-defesa”.

 

No futebol europeu existem times (Barcelona, PSV), que adotam um modelo de jogo e contratam o técnico que se encaixa dentro dos princípios estruturais,definidos pelo clube. É cultura organizacional, que geram comportamentos. Aqui, os times se submetem aos técnicos, alguns até inventam. O Bahia não é diferente. Joel Santana está quebrando a cabeça (diga-se de passagem, sem inventar), para com o elenco que tem encontrar a melhor maneira de jogar, ou seja, definir um padrão um modelo de jogo.

 

Neste domingo (18), deu certo o time deu sinais que pode encontrar uma maneira de jogar. Obteve um triunfo convincente. Agora este filme é reprise. Amanhã (21) enfrenta em casa o Atlético Paranaense e na próxima rodada o Timão paulista, lá no Pacaembu. Por isto, é muito cedo para soltar foguetes e correr atrás para pegar as flechas.

 

Esta é minha opinião. Segue o jogo…

*analista esportivo da equipe Entrando na área

 


Para aqueles que apreciam o futebol, que não são poucos, o Sereião vazio nas tardes de domingo faz muita falta.
Em um certo momento, um desportista revelou-me que sem futebol é como estivesse faltando algo dentro de sí. Ele estava se
referindo, principalmente, quando chega o final do ano. Para alegria da turma da bola, o sereião reabre suas portas no próximo domingo (28), para oito equipes desfilar em busca do título. E isto mesmo, oito equipes, apenas oito!
Quatro equipes tradicionais estão fora, que inclusive já experimentaram o sabor da conquista. Flamengo que surpreendeu a todos, até porque, alguns gozadores a consideram como a equipe chapa branca. Valença, outra surpresa. União e Fluminense nem tanto. Alguns já esperavam pelas ausências.


Fernando Miguel minimiza baixas no elenco do Vitória
O departamento médico do Vitória tem sido “visitado” com frequência pelos atletas neste início de temporada. Atualmente, quatro jogadores realizam tratamento: Guilherme Mattis, Leandro Domingues, Alípio (lesões musculares) e Marinho (dor no joelho). Além disso, Arthur Maia ficou pouco mais de 20 dias fora de combate, após sofrer uma contusão no joelho. O goleiro Fernando Miguel falou do tema e minimizou o caso de lesões no elenco.
“As lesões sempre fizeram parte do futebol. Quando se tem um grupo fechado, unido em busca do crescimento de todos, aquele que vai entrar com certeza vai dar conta do recado e, além de sua evolução pessoal, vai procurar fazer e desempenhar o mesmo papel daquele que estava participando da equipe principal. O futebol é sempre coletivo, e essas questões que envolvem lesões, mudanças, fazem parte do futebol”, afirmou o arqueiro.
Depois de vencer o Jacobina por 3 a 1 na última rodada, o Vitória vai continuar sua “maratona” de jogos em Salvador. Neste domingo (28) encara Fluminense de Feira em Pituaçu. E na sequência vai pegar o Feirense no Barradão e por último o arquirrival Bahia na Arena Fonte Nova. O camisa 1 do Leão comemorou essa sequência de confrontos na capital baiana por conta das condições dos gramados nas praças esportivas do interior.
“Infelizmente a gente precisa falar isso quando joga em campos com uma qualidade boa. Infelizmente é uma realidade do futebol brasileiro. Isso deveria ser uma exigência em todos os campos, todos os campeonatos, para a gente não precisar estar falando. Quando a gente vai jogar no interior a qualidade do jogo não é a mesma, as condições não são as mesmas. Deveriam ser iguais, mas não são. Já que vamos jogar em Salvador, isso sim é um fator importante para a nossa equipe, que tem tentado imprimir um modo de jogar com bola no chão, com toques rápidos. A gente precisa de um campo com condições. A gente sabe que no interior não tem isso, mas já que vamos ficar em Salvador é um fator importante”, destacou.

O Vitória vai pegar o Rio Claro-SP nesta sexta-feira (26), às 20h, no
Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, em Salvador, em jogo válido pela
25ª rodada do NBB. 
 
A partida terá uma torcida especial nas
arquibancadas. Vagner Mancini e todo o elenco do futebol profissional do
Rubro-negro marcará presença no duelo. O técnico Régis Marrelli
agradeceu o apoio e aposta no fator da casa para superar adversário.
 
 

A tendência é que o time Rubro-negro entre em quadra com a seguinte
formação: ojo (armador), Jason Smith (ala-armador), Edu Mariano (ala),
Alvaro Calvo (ala-pivô) e Renan (pivô).

 

A equipe comandada por Régis Marrelli ocupa a 13ª posição no NBB. Os doze primeiros se classificam para os playoffs.


Apesar de ainda não oficializado, Lucas Fonseca já é jogador do Bahia. O
zagueiro, que rescindiu seu contrato com o Tiajin Teda, da China,
desembarcou em Salvador e já cumpriu seu primeiro “compromisso” no
retorno ao Tricolor.

O defensor está na Arena Fonte Nova, onde acompanhará o duelo entre o
Esquadrão e o Confiança, pela Copa do Nordeste. Apesar da presença do
atleta, a diretoria do clube já seguiu para os EUA, onde a equipe fará
amistoso contra o Orlando City, no sábado (27).

Lucas Fonseca deve comparecer ao Fazendão nos próximos dias para
realizar exames médicos, assinar contrato e, então, ser oficializado
como novo contratado do Bahia.


O Vitória da Conquista segue com uma boa campanha e chances claras de
avanças à 2ª fase da Copa do Nordeste. Nesta quinta-feira (25), o Bode
venceu, e bem, o Flamengo (PI) por 3 a 0, em Ilhéus.O nome do jogo foi Todinho, que balançou as redes duas vezes. Diego Aragão completou o triunfo.Com o resultado, o Alviverde foi aos seis pontos ganhos e assumiu a
vice-liderança do Grupo E, atrás apenas do Sampaio Corrêa, que tem sete
pontos.

O Conqusita agora volta a campo no próximo domingo (28), pelo Baianão,
diante da Juazeirense, novamente no Mário Pessoa, em Ilhéus.


O Bahia fez mais uma
vítima nesta quinta-feira (25). Na Arena Fonte Nova, o Tricolor não tomou
conhecimento do Confiança e derrotou o adversário por 2 a 0, pela 3ª rodada da
Copa do Nordeste.

Os gols do time baiano foram marcados pelo artilheiro Hernane, que já caiu nas
graças da torcida.

Invicto e com 100% de aproveitamento em 2016, o Esquadrão foi aos nove pontos e
se isolou a liderança do Grupo C. Os comandados de Doriva abriram cinco pontos
de vantagem para o vice-líder Santa Cruz, que tem quatro.
 

Os jogadores do Bahia retornaram às pressas para a concentração e seguem
viagem para os EUA às 5h50 desta sexta-feira (26). 
No sábado (27), o Tricolor
enfrenta o Orlando City em amistoso internacional na terra do Tio Sam.