BOLÍVIA VENCE O PALMEIRAS E ASSUME A LIDERANÇA DO GRUPO A.

O treinador do Bolívia, Dilson Bracinho admitiu que seu time  não fez uma grande partida, principalmente no primeiro tempo quando teve o Palmeiras como um adversário difícil. Mesmo assim o time Vermelho e Branco superou suas dificuldades nas transições ofensivas e conseguiu abrir o placar em uma bela combinação de passes entre Kaká que serviu Igor aos 37 minutos do primeiro tempo.

No retorno para o segundo tempo o Palmeiras voltou disposto a virar o placar, mas esbarrou mais uma vez em suas próprias limitações. O Bolívia administrava a vantagem e conseguiu ampliar o marcador através de Kaká em cobrança de pênalti cometido por Lucas em Igor, aos 22 minutos do segundo tempo. O Verdão do Tento começou a cair de rendimento, fruto do cansaço de alguns atletas. Ambos os treinadores fizeram substituições forçadas. Tiago Leal deu lugar a Albérico (Bolívia) e Marcone entrou no lugar de Clemilson (Palmeiras). Aos quarenta minutos do final da partida veio o tiro de misericórdia, Rodolfo em uma jogada de brilho individual, deu uma arrancada em direção ao gol palmeirense e com um chute forte acertou o alvo do goleiro Wilian. Final. Bolívia 3 x 0 Palmeiras.

O Bolívia fará sua última partida da primeira fase no próximo dia 29.04 contra o Ipiranga em confronto direto pela primeira posição do grupo A. Já o Palmeiras terá também um confronto direto contra o Valença Futebol Clube, no dia 15.04, jogo que vale a terceira vaga do seu grupo.

Ficha Técnica.

Bolívia. Wallace; Dedeo, Tiago Leal (Albérico) e Rodolfo; Wilian, Fábio, Diego Mula(Alex) e Pithaco; Kaká e Igor (Othon). Técnico. Dilson Bracinho.

 

Palmeiras. Wilian; Lucas, Alain, Ricardo e Eclésio; Sid, Clemilton (Marcone) Alex e Fredson; Leandro e Igor. Técnico. Vevei.

Gols. Igor aos 37 minutos do primeiro tempo, Kaká aos 22 minutos e Rodolfo aos 40 minutos do segundo tempo.

IGOR TANQUINHO, O CARA DO JOGO.

Cartões.

Amarelos. Clemilton (Palmeiras)e Alex (Palmeiras).

Arbitragem.

Árbitro Central. Edivalter Marinho.

Assistentes. Lenilson Canela e Átila Alves.

4° árbitro. Luiz Fernando.

Público. 473 pagantes

Renda. R$ 3.662,00

Crédito das fotos. Fabrício Lemos.


Comente