O Valença parece não aprender com alguns erros do passado, e isto custou ao time mais uma derrota no campeonato valenciano. Completou dez partidas sem vencer.

Neste domingo (15), no Estádio Antônio Sereia, a equipe começou bem, algumas oportunidades que esbarraram na falta de definição por parte dos atacantes e nas grandes defesas do bom goleiro Wiliam – o gordinho do Palmeiras- mesmo já se considerando em fim de carreira ainda pega muito. O Tricolor da Matriz jogava pelo empate ao Verdão do Tento, apenas a vitória interessava e conseguiu um gol aos 37 minutos do primeiro tempo através do zagueiro Alaim depois de um belo passe de Márcio André. Gol que o Valença levou mais uma vez em vacilo defensivo e decretou o resultado final e a classificação do Palmeiras. O Valença mais uma vez dá adeus ao campeonato prematuramente.

O  Palmeiras agora aguarda a definição do segundo colocado do grupo B, Bahia ou Gandi, que será seu adversário na primeira semifinal.

FICHA TÉCNICA.

VALENÇA.  Fábio; Nino Guaibim, Indio, Jui e Raí; Michel, Nino Bolívia, Esquerdinha(Dedeo) e Jerry; Rafael e Coreano. Técnico Marquinhos Capitão.

PALMEIRAS. Wiliam ; Tino , Alaim, Padaria e Kel; Sid(Patric) Clemilton, Alex(Marlone) e Fredson; Ximbinha(Eduardo) e Márcio André(Romário). Técnico.Arrison.

Gol. Alai aos 37 minutos do primeiro tempo

Cartões Amarelos. Tino e Clemilton (Palmeiras). Michel, Jerry e Raí (Valença).

Arbitragem.

Central. Oséias Bonfim. Assistentes. Neilton e Antônio Marcos.

Árbitro reserva. Mateus Santos.

Público. 269

Renda. R$ 2.150,00


…Titulo de um sucesso nacional em outras épocas. Serve para ilustrar a situação de Valença Futebol Clube e Palmeiras Futebol Clube. Confronto deste domingo (15), às 16h00min no Estádio Antônio Sereia, o Sereião.

Há uma luz no túnel dos desesperados. Há um cais no porto para quem precisa chegar. O  campeonato não tem sido moleza para o Tricolor da Matriz e Verdão do Tento.  Recuperando o cantor Herbert Viana, nem tudo está perdido.

Situação bem parecida entre as duas equipes, Ambas ainda não pontuaram. Sofreram muitos gols. Há duas partidas sem vencer. Aliás, o jejum do Valença é muito mais, três competições que não sente o sabor de um triunfo. Nesta competição apenas o saldo de gols as separam. O Valença tem – 4 gols e o Palmeiras -5gols.

Por estas e por outras razões, um empate garante a classificação do Tricolor e ao Verdão só uma vitória o coloca na próxima fase.  Trata-se de um clássico valenciano que sempre foi muito disputado e não será diferente desta vez. O Time de Marquinhos Capitão tem muito no que melhorar em todos os setores. Já o Verdão do Tento demostrou evolução na derrota para o Bolívia, mas é muito pouco para quem deseja chegar ao final da competição. Fechando a conta, as duas equipes necessitam de  muito mais se quiserem continuar frequentando o Sereião até a partida final do campeonato 2018. Esta é a minha opinião, segue o jogo…


O treinador do Bolívia, Dilson Bracinho admitiu que seu time  não fez uma grande partida, principalmente no primeiro tempo quando teve o Palmeiras como um adversário difícil. Mesmo assim o time Vermelho e Branco superou suas dificuldades nas transições ofensivas e conseguiu abrir o placar em uma bela combinação de passes entre Kaká que serviu Igor aos 37 minutos do primeiro tempo.

No retorno para o segundo tempo o Palmeiras voltou disposto a virar o placar, mas esbarrou mais uma vez em suas próprias limitações. O Bolívia administrava a vantagem e conseguiu ampliar o marcador através de Kaká em cobrança de pênalti cometido por Lucas em Igor, aos 22 minutos do segundo tempo. O Verdão do Tento começou a cair de rendimento, fruto do cansaço de alguns atletas. Ambos os treinadores fizeram substituições forçadas. Tiago Leal deu lugar a Albérico (Bolívia) e Marcone entrou no lugar de Clemilson (Palmeiras). Aos quarenta minutos do final da partida veio o tiro de misericórdia, Rodolfo em uma jogada de brilho individual, deu uma arrancada em direção ao gol palmeirense e com um chute forte acertou o alvo do goleiro Wilian. Final. Bolívia 3 x 0 Palmeiras.

O Bolívia fará sua última partida da primeira fase no próximo dia 29.04 contra o Ipiranga em confronto direto pela primeira posição do grupo A. Já o Palmeiras terá também um confronto direto contra o Valença Futebol Clube, no dia 15.04, jogo que vale a terceira vaga do seu grupo.

Ficha Técnica.

Bolívia. Wallace; Dedeo, Tiago Leal (Albérico) e Rodolfo; Wilian, Fábio, Diego Mula(Alex) e Pithaco; Kaká e Igor (Othon). Técnico. Dilson Bracinho.

 

Palmeiras. Wilian; Lucas, Alain, Ricardo e Eclésio; Sid, Clemilton (Marcone) Alex e Fredson; Leandro e Igor. Técnico. Vevei.

Gols. Igor aos 37 minutos do primeiro tempo, Kaká aos 22 minutos e Rodolfo aos 40 minutos do segundo tempo.

IGOR TANQUINHO, O CARA DO JOGO.

Cartões.

Amarelos. Clemilton (Palmeiras)e Alex (Palmeiras).

Arbitragem.

Árbitro Central. Edivalter Marinho.

Assistentes. Lenilson Canela e Átila Alves.

4° árbitro. Luiz Fernando.

Público. 473 pagantes

Renda. R$ 3.662,00

Crédito das fotos. Fabrício Lemos.


Hoje (01), Palmeiras e Bolívia realizam um duelo no Estádio Antônio Sereia em situações diferentes. O time do Bairro mais populoso de Valença, com autoestima elevada, pois venceu em sua estreia o Eterno Campeão – Valença Futebol Clube por três a 0 – diga-se de passagem, com muita autoridade. Acumula três pontos na competição e tem um saldo positivo de três gols. Um triunfo nesta tarde  com diferença de dois  gols,  o deixa o na primeira posição e na última rodada enfrentará o Ipiranga para consolidar a posição na tabela, lhe garantindo assim a vantagem de classificação direta para a semifinal.

O Verdão do Tento, na terceira posição no seu grupo (A), não começou bem a disputa. Com uma derrota e um saldo negativo de -2 gols e sabe da importância de pontuar, pois, na última partida da fase de grupos terá um confronto direto com o Tricolor da Matríz.

Palmeiras e Bolívia duas equipes iguais, porém muito diferentes no atual momento.

O Bolívia tem na individualidade e força do elenco seus pontos fortes. A qualidade individual de jogadores como Netinho, Elton, Alex e companhia, mostra a possibilidade de um time que joga em função das características destes atletas. Pelo lado do Palmeiras a situação é bem diferente. A derrota para o Ipiranga incendiou o vestiário. Diretores prometeram mudanças. Deverá entrar em campo com um time renovado. O entrosamento poderá ser um problema.

Mesmo sendo equipes com desnível técnico, tudo que envolve uma partida deste tamanho poderá trazer uma superação por parte do Periquito do Tento e fazer crescer o nível técnico neste confronto.

Por estas e por outras razões, antes de a bola rolar não tenho dúvida em afirmar que o favoritismo pende para o lado do Bolívia, entretanto, nada disto entrará em campo neste domingo (01), porque cada partida tem sua história. E a nova história de Palmeiras e Bolívia será reconstruída logo mais a partir das 16h00min. Em campo dois times de realidades diferentes, mas com peso das camisas no varal muito iguais. Vencerá quem conseguir resolver melhor os problemas que certamente surgirão no desenrolar da peleja.  Esta é a minha opinião, segue o jogo…


EDVALTER MARINHO (CENTRO)

A Liga Valenciana de  Futebol (LVF) divulgou, neste sábado 31), a escala de arbitragem para a sétima rodada do Campeonato Valenciano 2018.

Neste domingo (01), Bolívia e Palmeiras se enfrentam no Estádio Antônio Sereia, às 16:00 .Para esta partida foi escolhido árbitro CBF.

Árbitro Central. Edivalter Marinho. (CBF).

A1. Lenilson Canela.(FBF).

A2. Átila  Alves(FBF)

4º árbitro. Luiz Fernando Oliveira.(FBF).

Sub – 18.

Árbitro  Central. Antônio Carlos Bonfim (FBF)

A1. Jorge Luiz (LVF)

A2. Gileno Santos (LVF).


 

No próximo domingo(01), acontece no Estádio Antônio Sereia a sétima rodada do campeonato valenciano. Palmeiras e Bolívia. Ambos pertencem a chave A que tem  liderança do Ipiranga com seis pontos. O Bolívia é o segundo colocado e vai à busca da liderança. Já o Verdão do Tento, que fez sua estreia com derrota precisa da vitória para continuar sonhando com a classificação, um empate serve, entretanto precisará de mais um empate na próxima partida contra o Valença no dia 15 de abril.

Palmeiras e Bolívia jogam a partir das 13h00min com a faixa etária sub 18 e logo em seguida às 16h00min tem a categoria principal.


No Estádio Antônio Sereia, neste domingo (25), o Bahia da Baixa Alegre recebeu O Gandu pela sexta rodada do Campeonato Valenciano e venceu sem dificuldades por 2 a 0, com gol de Alex Cairu, aos 32 minutos do primeiro tempo, e Deivinho aos 22 minutos do segundo tempo. O Time do Bahia bastante modificado em relação à equipe que foi derrotada pelo skiva em sua primeira partida.

Com o resultado, o Tricolor chega aos 03 pontos e assume a vice-liderança do seu grupo.  Enquanto Gandu, o pior time do grupo B, amarga a última colocação. Com a desistência do Flamengo o Time da Baixa Alegre aguarda outros resultados para definir qual será sua posição dentro do grupo. A equipe ganduense na décima rodada enfrentará o Skiva.

FICHA TÉCNICA.

Placar final. Bahia 2 x 0 Gandu

BAHIA. Rodrigo; Lico (Valmar), Raylan (Kevin), Maicon e Neto; Lucas, Tio Bira, Leandro (Emerson), Curo; Alex (Baloteli) e Jequiriçá(Deivinho). Técnico. Tony Fonseca.

GANDU. Welder; Lucas; Rodrigo, Rogério e Jeferson; Dieguinho; Leo; Marcone e Leão; Lelê (Keno), Júnior Tábua e Leo. Técnico. Samuel.

ARBITRAGEM.

Central. Leonardo Meneses Farias. Assistentes. Luiz Fernando e Jucimar Paraíso. Árbitro reserva. Mário Silva.

CARTÕES.

Amarelos. Leandro (Bahia).

 

GOLS. Alex (32’) primeiro tempo e Deivinho (22’) segundo tempo para o Bahia.

Alex Cairu

Deivinho

PÚBLICO. 279 pagantes.

RENDA. R$ 2.215,00