A derrota em Itaquera pesou contra o Corinthians na noite dessa quarta-feira, no segundo embate com o Independiente del Valle, pela semifinal da Copa Sul-Americana.

Diferente do que fez em casa, o Timão se impôs no Estádio Olímpico de Quito e esteve à frente no placar em duas oportunidades, mas não foi suficiente para obter a classificação heroica à final do torneio continental.

O Del Valle, mesmo sem jogar tão bem como fez em São Paulo, frustrou os corintianos ao arrancar o empate por 2 a 2 e se garantir na primeira final única da Copa Sul-Americana.

Agora, os equatorianos aguardam Atlético-MG ou Colón, que se enfrentam nesta quinta-feira, no Mineirão. No confronto de ida, os argentinos fizeram 2 a 1 no Galo.

FONTE: gazetaesportiva


O Atlético-MG até saiu na frente diante do Colón na partida de ida da semifinal da Copa Sul-Americana, mas a vantagem durou pouco.

Jogando em Santa Fé (ARG), o Galo contou com a sorte para abrir o placar, mas viu os donos da casa virarem o marcador para 2 a 1 no apagar das luzes em uma partida de poucas emoções.

Agora, os argentinos jogam por um empate para se classificarem à final da competição. Uma vitória por 1 a 0, porém, dá ao Galo uma vaga na decisão do torneio.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira (26/09/2019), no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).


O Independiente del Valle não havia vencido nenhum adversário na Copa Sul-Americana como visitante. O jejum terminou na noite dessa quarta-feira, dentro da Arena Corinthians, no primeiro confronto da semifinal pelo torneio continental.

Os equatorianos criaram dificuldades para os comandados de Fábio Carille tanto na frente quanto atrás, do início ao fim. Ditaram o ritmo, controlaram o tempo e até com certa tranquilidade fizeram 2 a 0 no placar e encaminhar a vaga à final.

Quarta-feira que vem, no Estádio Olímpico de Atahualpa, com 2.850 metros de altitude em Quito, o Corinthians vai precisar de uma vitória por três gols de diferença para reverter a disputa, ou no mínimo repetir o placar pro 2 a 0 para levar a definição aos pênaltis. O gol fora de casa vale como critério de desempate na Copa Sul-Americana.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 2 INDEPENDIENTE DEL VALLE-EQU

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 18 de setembro de 2019, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Leodán Gonzalez (URU)
Assistentes: Richard Trinidad (URU) e Miguel Nievas (URU)
VAR: Daniel Fedorczuk (URU)
Cartões amarelos: Gabriel, Fagner (COR); Dájome (VAL)

GOLS
Del Valle: Gabriel Torres, aos 44 minutos do 1T e aos 24 minutos do 2T

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel (MAtheus Jesus), Júnior Urso e Mateus Vital; Pedrinho (Janderson), Vagner Love e Clayson (Gustavo)
Técnico: Fábio Carille

INDEPENDIENTE DEL VALLE: Pinos; Landázuri, Schunke, Segovia e Preciado; Pellerano, Franco, Mera (León) e Dájome (Cabeza); Sánchez (Corozo) e Gabriel Torres
Técnico: Miguel Ángel Ramírez


O Corinthians assegurou a classificação às semifinais da Copa Sul-Americana na noite desta quinta-feira. No Estádio do Maracanã, o time alvinegro empatou por 1 a 1 com o Fluminense, resultado suficiente para avançar após o empate sem gols na partida de Itaquera.

Na semifinal da Copa Sul-Americana, o Corinthians enfrenta o Independiente del Valle, do Equador. O outro confronto em busca de uma vaga na decisão será travado entre o argentino Colón e o Atlético-MG. Assim, o torneio continental terá um campeão inédito nesta temporada.

Pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians volta a campo para enfrentar o Atlético-MG às 19 horas (de Brasília) deste domingo, na arena de Itaquera. No jogo que encerra a jornada, marcado para as 20 horas de segunda-feira, o Fluminense pega o Avaí, no Maracanã.


O Atlético continua firme na Copa Sul-Americana. Após deixar claramente que esse é o desejo principal da diretoria, ao colocar time reserva no Brasileirão no fim de semana, o grupo principal entrou em campo contra o La Equidad, na noite desta terça-feira, e venceu por 3 a 1, em confronto no El Campin, na Colômbia.

O Atlético esperava ter mais dificuldade no jogo desta terça-feira. Há uma semana, a equipe colombiana foi ao Independência e com três minutos já tinha feito 1 a 0. Com isso, o clube mineiro se armou para defender bem e não dar espaços. E assim foi na maior parte do jogo, com raras exceções – uma delas no gol sofrido. De resto, o time foi soberano e conseguiu fazer seus gols, duas vezes com bola parada em cruzamentos de escanteio, com Rever e Chará, e o terceiro com Elias.

O Galo agora encara o Colón, nas semifinais do torneio. A Conmebol definiu nesta terça-feira que os jogos serão disputados nos dias 18 e 19 ida e 25 e 26 volta.


Quem imaginava que o Atlético-MG faria um bom número de gols sobre o La Equidad-COL para encaminhar sua classificação às semifinais, se enganou.

A equipe brasileira teve de se esforçar muito para conseguir o placar de 2 a 1, gols de Jair e Elias para o time brasileiro, enquanto Camacho marcou o gol colombiano. O “time dos seguradores” saiu na frente, segurou o Galo boa parte do jogo e precisará apenas de fazer 1 a 0 para conseguir avançar na Copa Sul-Americana.

A noite foi muito complicada para o Atlético, pois além de ter de buscar o resultado, perdeu uma cobrança de pênalti com Cazares saiu de campo vaiado por sua torcida, apesar da vitória, pois o time atleticano ficou com um jogador a mais boa parte do segundo tempo, com a expulsão de Ethan González. O jogo de volta será no dia 25 de agosto, terça-feira, em Bogotá, às 21h30, no Estádio El Campím.

Antes, o alvinegro recebe o Bahia no sábado(24), às 11h, no Independência, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

FONTE : emcimadolance


O Atlético-MG está nas quartas de final da Sul-Americana. O pênalti convertido por Fábio Santos e o gol de Vinícius foram garantiram a vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo no estádio Independência, pelas oitavas de final. O jogo de ida, no Engenhão, também foi vencido pelo Galo – 1 a 0 na ocasião.

Com o resultado, o time de Belo Horizonte já sabe quem será o seu adversário nas quartas de final do torneio continental. Os comandados de Rodrigo Santana enfrentarão o Deportivo La Equidad, da Colômbia, na próxima fase.