O Palmeiras depende de um empate como mandante para avançar à semifinal da Copa Libertadores. Na noite desta terça-feira, com um a menos desde a expulsão de Felipe Melo, o time treinado por Luiz Felipe Scolari venceu o Grêmio por 1 a 0 e conquistou a vantagem em Porto Alegre.

No primeiro tempo, o Palmeiras não correu maiores riscos no campo de defesa e saiu na frente em um belo chute disparado pelo meia Gustavo Scarpa. Na etapa complementar, Felipe Melo tomou o segundo amarelo, mas o time visitante segurou o triunfo.

O segundo e decisivo confronto entre Palmeiras e Grêmio pelas quartas de final da Copa Libertadores está marcado para as 21h30 (de Brasília) de terça-feira, no Estádio do Pacaembu. Como ganhou em Porto Alegre, o time alviverde precisa de um empate para avançar.

FONTE: gazetaesportiva


O Flamengo começou a partida na noite desta quarta-feira, no estádio do Maracanã, da maneira que já era era esperada. Pressionando, sem dar espaços para o Emelec do Equador, uma vez que precisava fazer um placar de2 a 0 para levar a decisão para os pênaltis, ou vencer por uma diferença maior de gols para garantir a vaga direta para a fase de quartas de final da Taça Libertadores da América, uma vez que na primeira partida partida os visitantes tinham aplicado o placar de 2 a 0. E em apenas 18 minutos, Gabriel já tinha conseguido acabar com a vantagem equatoriana. Fez 1 a 0, aos 8 minutos, cobrando penalti, e fechou o marcador, aos 18 minutos.

A vaga nas quartas foi decidida nas penalidades, e o Flamengo também levou a melhor. Com uma defesa de Diego Alves e uma bola no travessão, os donos da casa fizeram 4 a 2 e eliminaram os visitantes. Agora, o Flamengo vaio enfrentar na próxima fase o Internacional de Porto Alegre que eliminou o Nacional do Urguai com duas vitórias.


A partida foi para os pênaltis após um empate sem gols animado no Mineirão. Com Fábio no gol e seu histórico positivo em decisões em cobranças de penalidades, a expectativa era enorme para o time celeste avançar para as quartas de final da Copa Libertadores. No entanto, Armani foi maior que o camisa 1 da Raposa, defendeu duas cobranças e ajudou os argentinos no acesso por 4 a 2.

Agora o River Plate espera o vencedor de San Lorenzo e Cerro Porteño para saber quem é o adversário nas quartas de final.

Pênaltis:

Henrique – Perdeu (Cruzeiro)
De La Cruz – Gol (River)
Fred – Gol (Cruzeiro)
Montiel – Gol (River)
David – Perdeu (Cruzeiro)
Lucas Martínez (River)
Robinho – Gol (Cruzeiro)
Borré – Gol (River)

FICHA TÉCNICA:
CRUZEIRO (BRA) 0 (2) X (4) 0 RIVER PLATE (ARG)

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 30 de julho de 2019, Terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Não divulgado.
Cartões: Lucas Romer (Cruzeiro); Enze Perez, Carrascal (River Plate)

CRUZEIRO – Fábio, Orejuella, Dedé, Léo, Egídio, Henrique, Lucas Romero, Thiago Neves, Marquinhos Gabriel (David), Ariel Cabral (Robinho) e Pedro Rocha (Fred).
Técnico: Mano Menezes.

RIVER PLATE: Armani; Montiel, Rojas, Lucas Martínez, Casco, Ponzio (Palacios), Enzo Perez, Carrascal, Igna (De La Cruz), Lucas Pratto (Matías Suárez)
Técnico: Marcelo Gallardo

FONTE:emcimadolance


O Flamengo foi derrotado pelo Emelec, do Equador, por 2 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no estádio George Capwell, em Guaiaquil, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

Agora, o Rubro-Negro da Gávea vai precisar de uma vitória por três gols de diferença para conseguir a classificação, no Maracanã, na próxima quarta-feira. O time equatoriano pode perder até por um gol de diferença para ficar com a vaga. A repetição do placar a favor da equipe brasileira levará a decisão para a disputa de pênaltis.


O Internacional venceu nesta quarta-feira o Nacional, do Uruguai, por 1 a 0, no Estádio Parque Central, na primeira partida das oitavas de final da Libertadores. Mesmo que não tenha tido um bom desempenho, os vermelhos se mostraram mais eficientes na chance que tiveram. Paolo Guerrero foi autor do único tento, aos 44 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Internacional joga pelo empate para avançar na competição. Já o Nacional só irá seguir no torneio se derrotar os gaúchos por 2 a 1. Caso devolva o mesmo placar, a decisão da vaga será nas penalidades.

A partida de volta está marcada para o dia 31, quarta, às 19h15 (de Brasília), no Beira-Rio. Pelo Brasileiro, o Internacional recebe, no sábado, o Ceará, às 19 horas (de Brasília), no Estádio Beira-Rio.