Nesse fim de semana aconteceu no Ginásio de Esportes do Município de Valença o Primeiro Campeonato de Muay Thai, que contou a participação de muitos atletas praticantes desta modalidade.

Um bom público compareceu para prestigiar o evento que foi patrocinado pela Prefeitura Municipal de Valença, através da Secretaria Municipal de Esportes.

Muay Thai significa “arte marcial tailandesa”. É uma arte marcial originária da Tailândia – também conhecida como Boxe Tailandês – e atualmente praticada como esporte em  vários países.

Fonte: secretaria de esportes do município.


 

No sábado passado (14) foi realizado em Lauro de Freitas a 3ª Etapa do Circuito Baiano de Judô.

As lutas marciais praticadas no município de Valença seguem muito bem representadas. O valenciano Caio Augusto Lacerda tem se destacado na modalidade de judô.  Em mais uma disputa em seu currículo, o judoca papou o primeiro lugar. Lacerda recebe patrocínio da iniciativa privada .

Caio Augusto Lacerda Barreto com apenas 19 anos de idade , Faixa Roxa, graduando pra marrom em Judô, já foi 07 vezes campeão baiano de Judô, 3° lugar no Campeonato internacional de fortaleza de Judô e 02 vezes consagrado melhor atleta Judoca na sua categoria da Bahia.

No próximo sábado (21), provavelmente, Caio  estará participando de uma entrevista no programa Esportivo Entrando na Área.

Fonte: Facebook


O técnico da Seleção Brasileira masculina de vôlei, Renan Dal Zotto, realizou a convocação do plantel que disputará o Campeonato Mundial, com início previsto para o dia 9 de setembro deste ano. A competição acontecerá na Bulgária e na Itália.

Após o anúncio dos 15 convocados (com a adição de um convidado), o comandante da equipe verde e amarela lamentou o desfalque do ponteiro Maurício Borges, lesionado durante a disputa da Liga das Nações. O jogador terá que passar por procedimento cirúrgico no joelho direito.

“Primeiro, lamentamos muito a ausência do Maurício Borges, que vai ter que operar e desfalcar a seleção no Mundial. É um atleta de muita qualidade, que vai fazer falta principalmente por fazer parte do grupo e de todo o processo desde o início”, contou.

O técnico do Brasil também enfatizou a importância da preparação correta de sua equipe para o campeonato e ressaltou as dificuldades que os brasileiros encontrarão no torneio.

“Dessa vez teremos tempo para trabalhar, cerca de um mês e meio. É um tempo bom de treinamento, onde estaremos 100% focados no Mundial. Sabemos que vai ser mais um campeonato muito difícil, mas vamos nos preparar muito bem”, finalizou.

Confira os convocados:

Levantadores: Bruninho e William
Opostos: Wallace e Evandro
Centrais: Lucão, Maurício Souza, Éder e Isac
Ponteiros: Lipe, Lucas Lóh, Lucarelli, Douglas Souza, Rodriguinho e Victor Cardoso
Líbero: Thales
Convidado: Kadu (ponteiro)


A Seleção Brasileira masculina de vôlei sofreu mais uma derrota por 3 sets a 0 e terminou na quarta colocação da Liga das Nações, que acontece em Lille, na França. Depois de cair na semifinal diante da Rússia, agora o time do técnico Renan Dal Zotto perdeu para os Estados Unidos por 25/21, 28/26 e 28/26 na disputa pelo terceiro lugar.

O time brasileiro parecia ainda sentir a derrota para os russos e o cansaço pela sequência de jogos. No segundo e no terceiro sets, apesar do equilíbrio, a equipe cometeu erros bobos no passe e na indefinição das jogadas. Renan chegou a colocar os reservas William, Evandro e Isac, mas não mudou o histórico da partida.


A Seleção da França, considerada uma das favoritas parta conquistar o título da Liga das Nações, recebeu em casa, a Seleção Brasileira. A equipe francesa venceu pelo placar de 03 sets a 02 em uma partida muito disputada. A partida terminou com parciais de 22/25, 25/20, 21/25, 25/22 e 15/13.

As duas equipes estão no grupo A da fase final, ao lado da Sérvia. Os dois melhores times vão à semifinal e encaram os primeiros colocados do grupo B, que tem Rússia, Polônia e Estados Unidos.

O próximo jogo dos comandados por Renan Dal Zotto é contra a Sérvia, nesta quinta-feira, às 15 horas e 45 minutos.


Primeira etapa Valenciana de caiaque vai agitar a região.
Na tarde do último sábado (30/06), o secretário de Esporte e Lazer de Valença, Ademilton Ferreira, esteve reunido com desportistas da modalidade aquática do município.

Foram discutidas as primeiras ações para a realização do evento, que acontecerá no próximo dia (04/08) e promete movimentar a região e agitar ainda mais as águas do Rio Una,é  a primeira etapa de caiaque travessia Valença X Morro de São Paulo.

Com o tema:” Vamos Remar na Terra do Dendê”. O evento reunirá canoístas de Valença e região, que navegarão por 21 km com muitas remadas até o Morro de São Paulo.

Durante o percurso uma belíssima paisagem. Os  amantes da canoagem proporcionarão  um belíssimo espetáculo esportivo.

Uma grande estrutura de segurança está sendo preparada para recepcionar os atletas e participantes.

De acordo com o Secretário de Esportes, Ademilton Ferreira, “Valença é um polo esportivo e geograficamente possibilita aos munícipes diversas alternativas para praticas esportivas”.

Por determinação do prefeito Ricardo Moura  o incentivo deve ser para  as diversas  modalidades esportivas.Incentivando assim,  o crescimento e proporcionar aos jovens   alternativas que objetivam   afasta-los do mundo das drogas. Esporte é também, vida e saúde.

Cerca de 100 embarcações estão sendo esperadas.

Fonte: ASCOM- Prefeitura Municipal de Valença

 


Mais um passo em direção ao título mundial. Robson Conceição, de 29 anos, venceu por nocaute no terceiro round o equatoriano naturalizado americano Gavino Guaman em luta realizada em Oklahoma CIty, nos Estados Unidos, na noite de sábado.

Com o triunfo, o baiano ampliou sua invencibilidade como profissional para oito vitórias, das quais cinco por nocaute. Campeão olímpico em 2016, ele mira um cinturão de relevo no peso super pena (58,97kg).

Na reta final de preparação para enfrentar Guaman, Robson contou com uma ajuda especial. O baiano teve o time reforçado por Pedro Díaz, ex-técnico da seleção cubana de boxe e apontado como um dos melhores treinadores do mundo. Ele já trabalhou com Miguel Cotto e grandes nomes do MMA como Vitor Belfort e Rogério Minotouro.

A expectativa é que, caso siga vencendo, ganhe uma chance de brigar pelo cinturão de alguma entidade em 2019. O brasileiro deve fazer até mais quatro lutas até o final deste ano.