O Real Madrid confirmou a sua classificação às quartas de final da Liga dos Campeões da Europa durante a tarde desta terça-feira. Sem se intimidar no hostil Parque dos Príncipes, o time espanhol se aproveitou do desfalque do lesionado Neymar e derrotou o Paris Saint-Germain por 2 a 1, vencendo por 5 a 2 no placar agregado da disputa.

O adversário do atual campeão europeu nas quartas de final será conhecido por meio de sorteio, a ser realizado no dia 16 de março. Já o PSG, cujo sonho do título inédito foi adiado, volta as suas atenções para o Campeonato Francês, do qual é o líder disparado com 14 pontos à frente do segundo colocado Monaco.

O Liverpool confirmou o que a maioria dos torcedores de futebol já esperava. Nesta terça-feira, no Estádio de Anfield, na Inglaterra, a equipe da casa não saiu do zero a zero com o time do Porto, em duelo válido pela partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões , mas ainda assim garantiu classificação para a próxima fase do torneio devido a grande diferença no marcador obtida no primeiro jogo.

 


A Liga Valenciana de Futebol, através do presidente interino o senhor Antônio Carvalho foi surpreendida com uma notícia nada agradável. O Flamengo da Bolívia enviou um ofício a mentora do futebol valenciano solicitando o afastamento do Campeonato Valenciano, alegando dificuldades financeiras.

O presidente da Liga Valenciana imediatamente convocou os clubes para anunciar o fato e juntos discutiram e concluíram que o Rubro Negro deveria ser punido com o afastamento da competição por 05 anos, deliberação consta em ata  assinada pelos 05 clubes representados: Ipiranga, Valença, Skiva, Bahia e Bolívia. Documento este que será encaminhado a Justiça Desportiva para a devida análise e tomada de decisão.

Já em relação a tabela do campeonato, conforme palavra do presidente da liga, será obedecida a sequencia e as partidas do Flamengo não serão realizadas. Portanto, teremos três domingos sem futebol no sereião.

Fonte: Liga Valencina de Futebol.


Ao longo da história, a mulher sempre assumiu um papel secundário na sociedade. Muitas alcunhas foram dadas a ela, como “sexo frágil” e “rainha do lar”. Muitas atribuições lhe foram conferidas como “ideais”: boa dona de casa, submissa, recatada, compreensiva, mãe cuidadosa.

Podemos pensar que isso foi há muito tempo e que, hoje em dia, não acontece mais. Entretanto, basta olharmos com um pouco mais de atenção, para percebermos que o papel da mulher na sociedade atual continua sendo secundário, apesar das muitas conquistas que já foram obtidas.  (Leandra Lawlesse).

Todavia, devemos reconhecer que existem mulheres e mulheres. Josi, educadora física, valenciana, tem feito a diferença e representa muito bem as mulheres que tem buscado ultrapassar os limites impostos pela sociedade.

No domingo próximo passado (04), vestiu a calça e foi para o Estádio Antônio Sereia com a responsabilidade de aquecer os marmanjos do time do seu coração (Ipiranga da Vila Operária). Deu certo o Amarelo e Preto venceu o rival Palmeiras do Tento  por 2 a 0.


Com um gol de André Lima aos 48 minutos do segundo tempo o Vitória venceu o Jacobina por 2 a 1, nesta tarde, no Barradão, pela oitava rodada do Campeonato Baiano. Na primeira etapa, o próprio André Lima abriu o marcador aos 18 minutos e Vitinho fez o do Jacobina aos 42.

Com o resultado, o Leão garantiu a classificação para a semifinal do estadual, com 19 pontos ganhos. Já o Jacobina segue na luta contra o rebaixamento.

Vitória e Jacobina voltam a campo para a última rodada da primeira fase do Baiano na próxima quarta. O Leão vai encerrar os jogos classificatórios contra o Flu de Feira, no interior do estado. O Jacobina, em casa, enfrenta o Vitória da Conquista. Os dois jogos serão às 21h45.

FICHA TÉCNICA
Vitória x Jacobina
Campeonato Baiano – 8ª rodada

Local: Estádio Barradão, em Salvador
Data: 04/03/2018 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida (CBF/BA)
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos (CBF/BA) e Claudio Antônio Dias Aragão (CBF/BA)
Cartões amarelos: Da Silva, Lucas Bocão, Lupita e Kauê (JAC)
Gols: André Lima (2x) (VIT); Vitinho (JAC)

Vitória:  Fernando Miguel; Lucas, Ramon, Wallison Maia e Bryan; Lucas Marques (Jonatas Belusso), José Welison, Nickson (Baumjohann) e Jhemerson (Luan); Neilton e André Lima. Técnico: Vagner Mancini.

Jacobina: Lupita Cassio, Leo Breno (Teco), Mayko e Da Silva; Danrley, Reinaldo, Vitinho e Menso (Dias); Deyvison (Kauê) e Lucas Bocão. Técnico: Orlando da Hora.


Duas equipes tradicionais do futebol valenciano. Agremiações  que recebem um tratamento carinhoso dos seus torcedores e simpatizantes.

O Palmeiras rebatizado como o Periquito do Tento. O Ipiranga, por sua vez, o Canarinho da Vila Operária. Duas agremiações acostumadas a disputar títulos.

O Ipiranga recentemente papou o titulo de campeão em 2016. Já o Verdão do Tento foi finalista no ano passado (2017), quando foi derrotado pelo Bahia da Baixa Alegre.

O Palmeiras nos últimos anos tem recorrido a parcerias, como estratégias para redução dos custos.  Têm dado certo dentro de campo, boas campanhas realizadas.

  A pergunta que fica no ar, e fora de campo? Respondo com outra pergunta: por que tem trocado tanto de parceiros? Com a palavra, Domingo Assis.

E o Ipiranga, Dois anos de grandes investimentos. Um título em 2016 e uma campanha razoável em 2017.  Perdeu seu grande investidor, André Cairu,  por ironia do destino trocou a camisa amarela e preta por verde, vermelha e branca. O maior rival do time da Vila Operária, o Tricolor da Matriz.

Neste domingo (04), mais um desafio com lugar definido e hora marcada, às 16h00min, no Estádio Antônio Sereia. Bom público é esperado. Uma peleja com possibilidades iguais de vitória. Cinquenta por cento de chances para os dois lados, pois se trata de um clássico que historicamente tem se revelado com muito equilíbrio.

Ambas as equipes totalmente desfeitas e refeitas para este campeonato, mais uma razão que torna difícil um prognóstico. Por estas e por outras razões, nos resta apenas uma alternativa, esperar o último silvo do apito do árbitro da partida. Esta é a minha opinião, segue o jogo…


Faltam apenas cinco jogos para reta final do NBB e o Universo/Vitória ainda sonha com uma vaga entre os quatro melhores colocados, que avançam diretamente para as quartas de final.

Atualmente em sétimo lugar, o Rubro-Negro baiano enfrenta nesta sexta-feira (2), às 20h05, o Caxias do Sul, fora de casa. O time gaúcho é aparece em oitavo na tabela, com um triunfo a menos.

Na quarta-feira (28), o Leão venceu o Joinville por 68×52. Antes, havia derrotado o Mogi, em Salvador, na segunda-feira (26).

Jogo das estrelas

Dois rubro-negros disputam vaga no Time Mundo do Jogo das Estrelas, que acontecerá no dia 19 de março, no Ginásio Ibirapuera, em São Paulo. São eles os norte-americanos Kenny Dawkins e Nick Okorie. São 18 atletas disputando 12 vagas na equipe.

A votação vai até domingo (4), no site oficial do jogo das estrelas. O torcedor tem que escalar o Time Mundo com Okorie e Dawkins para ter o voto contabilizado.

 Foto: Maurícia da Matta/ECV


Cleber Sgarbi

As primeiras luvas, foram produzidas para determinadas atividades profissionais, tanto comerciais como industriais, que requerem o uso recomendável ou obrigatório delas. Em muitas situações, as luvas desempenham o papel de equipamento de proteção individual. Cada tipo de luva possui diversas opções de tamanho, material, design, cor, tipo de punho, tipo de corte, molde, pigmentação, assim como tipos de reforços na palma, costuras e dedos, conforme seu uso e finalidade.

O goleiro requer alguns cuidados específicos de segurança no trabalho e que vários acessórios e equipamentos de proteção já foram usados ao longo da história tais como caneleiras, joelheiras, cotoveleiras, protetor bucal e até mesmo uma espécie de capacete para proteger a cabeça de choques e pancadas.

Mas tem um assessório que além de segurança no trabalho, proporciona um maior desempenho no trabalho e um estilo diferenciado. Estamos falando da LUVA de goleiro de futebol. Ela evoluiu lentamente durante a sua história, e hoje é um dos equipamentos de trabalho mais utilizados pelos goleiros, proporcionando sua comercialização por grandes empresas de material esportivo.

Todo goleiro, bom ou nem tanto assim, antes de qualquer outro equipamento ou acessório, escolhe um bom par de luvas para usar. Se os jogadores de linha são fascinados por uma boa chuteira, os goleiros são hipnotizados por um boa luva.

Fonte: Universidade do futebol