OPINIÃO:O RIO QUE PASSA NA MINHA ALDEIA.

 

O pensador português, Fernando Pessoa disse:’ O Rio que passa na minha aldeia é o mais bonito. Porque é o rio que passa na minha aldeia”.

“O mundo achatou”. Nunca estivemos tão próximos. A tecnologia da informação nos permite contatos em tempo real em distâncias nunca antes imaginadas. Isto é ótimo? Sim. Isto é ruim? Também. Aí é que reside a contradição humana. A moeda possui dois lados.
O atual momento que vive a humanidade exige cada vez mais, muita sabedoria para transformar os avanços  em nossos benefícios.
Qual a razão de estarmos tão próximos, geograficamente, dos municípios do nosso territórios (Baixo Sul) e tão distantes nas relações politicas, sociais e esportivas?
Fernando Pessoa tem toda razão, “o Rio que passa na minha aldeia é o mais bonito. Porque é o rio que passa na minha aldeia”.
Olhar o que está ao nosso redor é necessário. mas não podemos deixar de olhar e cuidar do nosso próprio umbigo. O grito de guerra é: “Pensar globalmente e agir em nosso lugar”. Valorizar e cuidar do nosso rio. Porque ele é o rio mais bonito.Porque é  o rio que passa em nossa aldeia.
A Copa do Descobrimento vai começar. 14 municípios do extremo sul e sudoeste da Bahia. Já está sendo considerada a segunda competição mais forte do interior do estado, depois do Campeonato Intermunicipal.
Por estas e por outras razões, diante do fracasso esportivo em nossa região, será que não chegou o momento de rompermos com este isolamento que  tem nos proporcionado apenas retrocesso nos campos político, social e esportivo. Esta é a minha opinião, segue o jogo…

 


Comente