Qual seu estilo no Ciclismo?

 

Recentemente acompanhei uma peleja em um grupo de whatssapp, em que o reclamante dizia haver prioridade nas ações dos grupos de Ciclistas. A questão era sobre as prioridades dadas a uma modalidade do ciclismo em detrimento da outra, e neste momento julguei importe refletirmos sobre as modalidades de ciclismos existentes.

Sempre que pensava em ciclismo, imaginava o velódromo com aquelas curvas inclinadas, pois o desafio deveria ser grande para vencer a gravidade!

Muito tempo depois ficou claro que a velocidade era o determinante para você não cair.

Porém, o mais interessante do velódromo é que se a pista fosse plana os ciclistas teriam que se inclinar na curva o que diminui o contato do pneu a pista, sendo ela inclinada o pneu mantém toda a superfície em contato. Melhor para desenvolver velocidade! Aliás, quem viu provas de Mountain Bike (MTB) percebeu que existe um trecho da pista, feito de madeira, que também é inclinado e mantém o mesmo princípio do velódromo.

Mas, é preciso lembrar aos interessados, que no ciclismo temos várias modalidades, porque quem observa as bicicletas, passeios ou participa dos “grupos de bike” na cidade parece que predomina apenas um estilo.

Precisamos destacar e valorizar outras modalidades como o ciclismo de estrada ou de pista, o BMX e não apenas o MTB,  o mais popular por aqui. Estas modalidades ainda tem suas sub divisões e provas individuais, de grupo ou contra o relógio.

A importância do ciclismo de estrada é tão grande, que no velódromo – uma das provas mais bonitas das olimpíadas – os atletas competem por 30 medalhas diferentes.

E o ciclismo de estrada – em que se utilizam as bike speed ou road bikes, com pneus finos e bem leves – é a categoria que mais trouxe medalhas para a cidade de Valença e, como tal, precisa de destaque (veja aqui no entrando na área o caso de kaio Felipe). Foram as bikes de estrada que iniciaram a difusão do ciclismo na cidade e os novos ciclistas devem conhecer e experimentar outras modalidades e categorias.

Se você analisar, quanto mais modalidades disponíveis, maior será o número de praticantes, e mais alternativas aos diferentes biotipos existentes.

E se você gosta de velocidade precisa conhecer as bikes de estrada que alcançam 70km. O recorde mundial de velocidade em pista aberta foi atingido por um brasileiro, com uma bike de estrada, a 202km por hora!

Tarcísio Botelho é ciclista karniça e Bike Anjo

https://www.facebook.com/bikeanjovalenca/


Comente