Sandro abandona o chinelinho.

Sandro Rigaud,  40 anos, pernambucano, trabalha em Ituberá na Michelin e reside em Valença. Meio campista, teve uma passagem pela base do Santa Cruz, clube do seu coração. Em 2001, participou do Campeonato Intermunicipal defendendo as cores ituberaense.

Em 2002, Indicado por Kita – ex-jogador do Valença Futebol Clube- veio para o futebol valenciano defender as cores do Tricolor da Matriz e deu sua valiosa contribuição para a conquista do bicampeonato. Hoje, já não atua como atleta em campeonatos amadores.  Mata seus desejos futebolísticos em competições másters ou em clubes sociais.

No ano passado (2017), sofreu uma séria contusão na região pubiana, que o afastou dos gramados. Depois de passar alguns meses entregues a profissionais da ortopedia, mesmo sem estar ainda cem por cento recuperado voltou a jogar futebol. Ou seja, fazendo uma das coisas que mais gosta.

No ultimo domingo seu time empatou em 1 a 1 com a Gamboa, em partida valida pela Copa de Futebol Master


Comente