SELEÇÃO DE VALENÇA, AINDA UMA INTERROGAÇÃO!

No último domingo(29), a Seleção de Valença, viajou até Ibirapitanga com a vantagem de um gol na sacola. Bastava-lhe apenas um empate para garantir a sua classificação. Não ganhou, mas levou. Sofreu duas derrotas. No tempo normal 1 a 0 e na disputa de pênaltis 6 a 5 para o time da casa. Garantiu sua classificação por tudo que realizou nas rodadas anteriores. Entrou na terceira fase por critério técnico. Como se diz no futebolês: entrou como biônica juntamente com outras sete seleções.

O resultado no tempo normal não condiz com a realidade do jogo. A turma de Gabriel até que tentou ampliar a vantagem, ainda no primeiro tempo. Criou chance de gol, teve o controle do jogo, porém tudo segue como antes. Falta competência para criar mais e definir melhor no último terço do campo.

Mesmo tendo feito um bom jogo, o selecionado segue como uma grande interrogação na cabeça dos torcedores.  Ainda sem crédito com a galera que acompanha.

O Futebol, com certeza, não é jogado no quadro-negro. Por melhor que seja o sistema o sucesso em campo requer um acordo – no melhor cenário origina-se dessa simbiose- entre a teoria e os jogadores disponíveis (Jonatan Wilson, a Pirâmide Invertida).

Para a resolução dos problemas surgidos em campo e para tomada de decisões corretas em busca do gol adversário é necessário uma combinação de fatores, a saber: técnica, tática, inteligência de jogo, inteligência emocional e como suporte uma diretoria e comissão técnica competente. 

Faltam algumas peças mais qualificadas e habilidades específicas para colocar em prática o discurso do treinador. Por exemplo: Um jogador veloz e driblador para garantir  alargar o campo e quebrar a rigidez do sistema defensivo do adversário e também um jogador para o meio campo com inteligência de jogo para fazer o time jogar.

Por estas e por outras razões, os torcedores seguirão com uma pulga atrás da orelha. Com uma desconfiança do tamanho da incompetência dos atletas que desperdiçaram cobranças de pênaltis na partida contra Ibirapitanga. Segunda fase já foi. Agora… Bem, agora, segue o jogo, porque a competição continua, hoje (06) contra um adversário mais qualificado, a seleção de Itarantim. Esta é a minha opinião.


Comente