VALENÇA E ITAJUÍPE, UM CLÁSSICO DO SUL DA BAHIA.

Seleção de Valença e Seleção de Itajuípe se encontram neste domingo (23), no Estádio Antônio Sereia, em partida válida pela segunda fase do intermunicipal.

Será que podemos considerar um derby do futebol amador da Bahia? Afirmo que não, afinal das contas, inexiste rivalidade entre as duas seleções. Todas as vezes que se encontraram a paz reinou! Um clássico sim. Afirmo em gênero, número e grau. Trata-se   de duas seleções que tem uma extensa história nesta competição.

A seleção de Itajuípe já conquistou dois títulos e continua o seu sonho de ser tri campeão. Já a seleção valenciana tem dois vices na sua galeria.

O último confronto das duas seleções, a turma de Marcos Barbosa levou vantagem. Aconteceu em 2013 quando Valença foi goleada no Estádio Humberto Badaró e eliminada da competição. A seleção itajuipense naquele ano conseguiu o seu segundo título.

Ambas as seleções garantiram suas vagas antecipadamente. A seleção de Itajuípe tem um aproveitamento de mais de oitenta por cento e ainda não sofreu gol. O seu goleiro, o conhecido Rose está há 540 minutos sem ser vazado. Já o selecionado valenciano chega a esta fase com um pouco mais de cinquenta por cento.

Os torcedores de Itajuípe estão satisfeitos com o rendimento de sua seleção, enquanto a torcida valenciana vive a expectativa de ver sua seleção evoluir na competição.

Ocorre que a primeira fase já foi.  Agora é a vera! Como nos diz o poeta do botequim.  Vai começar a fase denominada mata-mata.  A chapa começa a esquentar.

Como estão as duas seleções para este confronto? A seleção de Itajuípe poderá ter um desfalque de peso. O bom zagueiro Rodrigo, atleta de 21 anos, vem sendo o destaque no sistema defensivo.

Já o selecionado da  Terra do Camarão, em conversa com o treinador Paulinho, ele me revelou que tem apenas uma dúvida no ataque, porém a tendência e manter a equipe que goleou a seleção de Ituberá no último confronto da primeira fase. Eu arriscaria dizer que Paulinho mandará a campo: Anderson, Alaba, Caio Pataíba, Baixinho e Nino Bolívia; Buiu, Diego Lopes, Dedèo e Othon; Piroquinha e Nino Guaibim;

Por estas e por outras razões, creio ser uma partida sem favoritismo, será vencedora quem melhor entender o jogo e fazer as melhores escolhas no embate. Um pontinho poderá deixar o visitante satisfeito, porém os donos da casa irão em busca do triunfo, e terá a oportunidade de mostrar ao seu torcedor que tem estatura para seguir na briga pelo tão sonhado e inédito título de campeão do intermunicipal. Esta é a minha opinião, segue o jogo Caro Leitor…

 


Comente